quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Santa Maria de Campos,se torna distrito em 1960


Santo Eduardo perdeu mais de 50% de seu território depois da emancipação administrativa de Santa Maria de Campos. Santo Eduardo foi um dos distritos de maior extensão territorial de Campos com a superfície de 467.400 quilômetros quadrados. Também uma das localidades mais populosas.
Os moradores de Santa Maria não queriam mais fazer parte do 13º distrito e devido ao seu crescimento a localidade foi emancipada.
Já em 1958 o Governo do Estado promulgou a lei que tornou Santa Maria o 18º distrito. Entretanto a efetiva instalação do novo distrito só ocorreu no dia 17 de Junho de 1960.
A partir da construção de uma casinha de madeira, onde funcionaria o primeiro comércio local, numa mistura de bar e bazar ia nascendo o progresso, aumentando o movimento, trazendo novos comerciantes dando início ao ciclo áureo da economia local.




Porque o nome Chave Santa Maria?

Por ser o local da chave do entroncamento da Usina Santa Maria, era justo que se referissem a área como chave de Santa Maria, e posteriormente mudaram o nome para Santa Maria de Campos.





No início dos anos trinta, a população começou a aumentar e consequentemente, as necessidades de transporte e contato com a sede do Município, que era feito através do embarque na Estação Ferroviária de Santo Eduardo, então sede do distrito. Ali paravam apenas os trens de carga para as conexões dos vagões que chegavam da Usina, carregados de açúcar. O povo começou a sentir a necessidade da parada de trens de passageiros , e passaram a encaminhar pedidos políticos, escreviam para a Ferrovia e não obtinham resultados. Após reunirem-se para discutir o problema optaram por uma movimentação pacífica.
Decidiram então fazer uma placa onde escreveram "QUEREMOS A ESTAÇÃO NA PAZ E NA ORDEM!!!", e colocaram nas margens da linha férrea, no ponto em que se convencionara parar o trem, colocaram nos trilhos um grande tronco de árvore.
Logo no dia seguinte chegou ao local um trem especial, trazendo diretores da ferrovia e um vagão, que foi retirado do comboio e colocado a margem da linha, servindo de Estação provisória, enquanto se construía a permanente.
Os trens de passageiros começaram a parar, logrando pleno êxito a reivindicação do povo, e isso acabou por deflagrar o crescimento do distrito e a culminância de sua esperada emancipação administrativa.
Este ano Santa Maria de Campos completará 49 anos de distrito. Hoje é um dos distritos mais populosos de Campos, pela pesquisa do IBGE a localidade tem 3.500 habitantes, mais alguns dizem que já chegou a 16 mil.



Altar principal da Igreja Matriz de Santa Maria


Praça do Sol, ao fundo a Igreja Matriz /foto tirada em 2008





Visão aérea de Santa Maria de Campos

0 comentários:

Postar um comentário

 
;